Meu Perfil
BRASIL, Sudeste, CAMPINAS, Mulher, de 20 a 25 anos, Portuguese, English, Cinema e vídeo, Saúde e beleza, Moda, Livros, Poesia!



Histórico


Votação
 Dê uma nota para meu blog


Outros sites
 Café Puro e Sem Espuma
 Maria Mena
 Lua Internauta
 Mess my life!
 Meus Contos, Crônicas e Poemas
 Meu Twitter


 
There She Goes


Filosofando

"Esquecer é uma necessidade. A vida é uma lousa, em que o destino, para escrever um novo caso, precisa apagar o caso escrito." Machado de Assis.

Li essa frase hoje na revista que a farmácia perto de casa publica. Esquecer, esquecer mesmo, é complicado. Mas a gente tem que aprender a tornar as lembranças mera parte do passado, que nos fizeram crescer e aprender.

Importante é o agora, pés no chão, e olho firme no futuro. O agora, em todas as suas nuances e possibilidades. Podemos fazer tanto... às vezes fico até boba, pensando. Entro em grandes construções, estruturas complexas, e penso: "Meu Deus, quantas mãos tocaram nisso, quantas mentes quebraram enigmas, quantas novas idéias e quanto milagre não existiu aqui." Não milagre no sentido espiritual, mas sim, no sentindo renovador e surpreendente da coisa. Como pode, um guindaste, um prédio inteligente de 50 andares, o livro mais vendido, o filme mais bonito, a música inesquecível? Tudo isso, gente, gente, que fez. Como eu e você. Todos vivendo, criando, sentindo o agora. Há muitos que o fazem voltados à maldade de modo geral, mas é pra eles que devemos viver o agora, também. Fugir da realidade nunca é o segredo.

Eu queria ter uma conversa com o Dalai Lama, para falar a verdade. O cara é feliz, que é uma beleza. O que ele pensa? Ele segue a 'Lei da Atração'? Aliás, acho esse lance muito engraçado. Atrair coisas com o pensamento. Deus do céu, o cara que teve essa sacada para vender livros é bem esperto. Porque, desde que me conheço por gente, quando estamos em situação incerta e desejamos muito alguma coisa, geralmente falamos: "pensamento positivo!", e até cruzamos os dedos. E bom, agora é senso comum que esse tipo de coisa realmente traz resultados. No mínimo, é menos triste pensar que o quê você quer muito vai acontecer.

À isso deu-se o nome de fé, e Jesus, há 2008 anos atrás, veio aqui na Terra para nos ensinar a lição. Fé na vida, fé nos sonhos, fé, pura e simples. É isso que o Dalai Lama tem, que muito provavelmente mesmo o Machado de Assis tinha, quando acreditava em suas criações.

E volto ao início. É preciso ter fé para esquecer, e esquecer também para tê-la. Lembrar, mas não chorar. Pensar, mas não sentir.

A grande ativista política nascida no Islã, Aayan Yrsi Ali, que venceu seus obstáculos e hoje trabalha no gorverno da Holanda, com certeza esqueceu. Apagou seu quadro negro para escrever outra história, e com muita fé. Que exemplo de mulher, essa. É chocante dizer, mas ela teve o clitóris cortado quando criança, porque em sua região, a mulher não pode ter prazer. E nem ser coisa alguma na sociedade. E ela venceu muitas lutas e está onde está, com dignidade. Para quem quiser saber mais sobre ela, recomendo o livro 'Infiel', da Cia das Letras, escrito pela própria (é meu próximo obajeto de desejo).

Ela, Dalai Lama, Macho de Assis, e o Mestre Jesus, filho de Deus. Eles são, ou foram, todos feitos de sangue, carne e osso. Mas imprimiram sua marca na história. Não deixaram o tempo passar, com fé, pés em seu presente e olhar no futuro.

Até o próximo post. ;)

P.S.: Fui na festa de formatura da minha cunhada, a Pri, e tenho um destaque hilário. Na chegada um ator vestido de repórter pára a mim e ao Dani e solta: "Rico Mansur, como vai? E como estão as empresas?!". Só por essa, a festa já valeu a pena.



Escrito por Clari às 14h50
[] [envie esta mensagem] []




[ página principal ] [ ver mensagens anteriores ]